Sexta, 22 de Janeiro de 2021
11 94844-3831
Anúncio
Geral 80%

80% DOS PAIS NÃO TÊM IDEIA DO CONTEÚDO QUE OS FILHOS ACESSAM NA INTERNET

80% DOS PAIS NÃO TÊM IDEIA DO CONTEÚDO QUE OS FILHOS ACESSAM NA INTERNET

08/08/2020 13h11
5
Por: faladirceu
80% DOS PAIS NÃO TÊM IDEIA DO CONTEÚDO QUE OS FILHOS ACESSAM NA INTERNET

Você sabe com quantos anos seu filho pode ter um celular?

uso da internet e dos celulares é uma grande preocupação dos pais. Entregar seu filho às redes sociais e jogos no celular é abrir espaço para contatos novos e informações.

-Publicidade-

Em 2017, o “jogo da Baleia Azul” se tornou um assunto sério e foi associado diretamente com o aumento de casos de suicídio entre crianças e adolescentes.

Neste ano, o alerta surgiu pelo aparecimento de “Momo”, uma imagem feminina de olhos grandes e cabelos longos e pretos que lança desafio aos jovens através do WhatsApp.

A pessoa por trás do número começa a fazer ameaças envolvendo os familiares das crianças, usando informações pessoais da família, desafiando a fazer coisas perigosas. Foi por influência desse tipo de desafio que Artur Luis Barros dos Santos, de 9 anos, foi encontrado enforcado no quintal de casa no Recife em 15 de agosto.

-Publicidade-

Como controlar seus filhos

Cerca de 80% dos pais não sabem o que os filhos acessam na internet, segundo uma pesquisa do CyberHandbook. De acordo com Andrea Ramal, doutora em Educação pela PUC-Rio e autora do livro Educação na Cibercultura, você PRECISA estar antenado e participar do mundo digital e acompanhar o seu filho.

 

Não tem como escapar é preciso se informar cada vez mais sobre tecnologia e aprender a usar os dispositivos e mídias que as crianças dominam. É o único jeito de saber o que está acontecendo e assim poder proteger seu filho sempre que uma ameaça chegar ao seu radas!

Segundo Maíbi Mascarenhas, pedagoga, coordenadora da pós-graduação em Educação Inclusiva do Instituto Brasileiro de Formação de Educadores, gestora da “Água Mágica Festas e Artes” e mãe da Valentina, o melhor caminho é: colocar filtros nos aplicativos, limitar o tempo de uso e acompanhar todas as atividades da criança no celular bem de perto.

“Sim, fique ao lado, vasculhe o histórico e pergunte sobre o que viu. Mostre também exemplos de informações que não são reais e deixe claro que qualquer ameaça a ele, família ou qualquer outra pessoa, deverá ser avisada. Converse com ele explicando, de um jeito que seu filho possa entender, que parte do que existe na internet não é real”, aconselha Maibí.

Conversa é a chave! Fale com seu filho sobre as redes sociais o tempo inteiro. Uma dica é ficar atenta a comportamentos que fujam do normal e falar sobre desafios que não são brincadeiras como o da Momo.

Qual a idade certa?

 

O Manual de Orientação da Sociedade Brasileira de Pediatria sobre Saúde de Crianças e Adolescentes na Era Digital aconselha que o uso seja permitido somente acima dos 02 anos de idade, porém, há outras teorias e justificativas com posicionamentos diferentes. Nossa dica é pense nos valores e na maneira que a sua família funciona antes de decidir quando seu filho vai poder ter acesso à internet. A gente sabe que é muito mais fácil dar a Pepa Pig para a criança assistir quando está chorando e você quer muito usar o telefone, mas pondere. Equilíbrio é o melhor caminho!

 

Agora a pergunta é: quando dar um celular para o seu filho? Segundo Andrea, não há uma idade definida. Muitos pesquisadores trabalham com a idade de 12 anos, mas essa avaliação depende muito mais de você e de sua avaliação sobre a maturidade do seu filho. “Observe se a criança tem a noção do que é perigoso ou não durante o uso desses dispositivos e se há responsabilidade na hora de decidir o que fazer online. E o mais importante: imponha limites e monitore sempre!”, explica a consultora.

É preciso também ficar atento com o tempo de uso dos aparelhos celulares pelas crianças. O horário máximo indicado pelos especialistas é de 2 horas por dia, mas olha só, este tempo não deve ser contínuo e sim em intervalos. Também é recomendado não usar o celular durante as refeições e antes de dormir. Difícil, né? A gente sabe! Mas para mudar isso o exemplo precisa começar com você.

 

De acordo com Maibí, o excesso de acesso à tecnologia, interfere bastante na concentração, foco e interação. O uso de maneira desregrada sobretudo nos momentos mais intensos de desenvolvimento cerebral e motor (durante a infância) pode ser bem ruim.

FONTE : CANALTECH

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Teresina - PI
Atualizado às 15h48 - Fonte: Climatempo
30°
Muitas nuvens

Mín. 24° Máx. 30°

34° Sensação
4 km/h Vento
66% Umidade do ar
83% (18mm) Chance de chuva
Amanhã (23/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 32°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Domingo (24/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Anúncio
Mais lidas
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias